Sufrágio

13 de mai de 2011

Aparição da Santíssima Virgem.

Hoje os Portugueses estão em festa, alias todo povo católico estar em festa, pois faz 94 anos que a Virgem Maria apareceu a Lúcia, Francisco e Jacinta. A primeira aparição foi no dia 13 de maio de 1917.
Brincavam os três videntes na Cova da Iria quando observaram dois clarões como de relâmpagos, após os quais viram a Mãe de Deus sobre a azinheira. Era " uma Senhora vestida toda de branco, mais brilhante que o sol, espargindo luz mais clara e intensa que um copo de cristal cheio de água cristalina,atravessado pelo raios do sol mais ardente", descreve Lúcia. Sua face, indescritivelmente bela,não era " nem triste, nem alegre, mas séria", como ar de suave censura. As mãos juntas, como a rezar, apoiadas no peito e voltadas para cima. Da mão direita pendia um rosário. As vestes pareciam feitas só de luz. A túnica era branca, e branco o manto, orlado de ouro,que cobria a cabeça da Virgem e lhe descia aos pés. Não se lhe viam os cabelos e orelhas. Os traços da fisionomia, Lúcia nunca pôde descrevê-los, pois foi-lhe impossível fitar o rosto celestial, que ofuscava. Os videntes estavam tão perto de Nossa Senhora , a um metro e meio de distância, mais ou menos, que ficavam dentro da luz que A cercava, ou que Ela espargia. O colóquio desenvolveu-se da seguinte maneira.
Nossa Senhora: " Não tenhais medo, Eu não vos faço mal".
Lúcia: " Donde é Vossemecê?
Nossa Senhora: " Sou do Céu" ( e Nossa Senhora ergueu a mão para apontar o céu).
Lúcia: " E que é que vossemecê me quer?
Nossa Senhora : " Vim para vos pedir que venhais aqui seis meses seguidos, no dia 13, a esta mesma hora. Depois vos direi quem sou e o que quero. Depois voltarei ainda aqui uma sétima vez".
Lúcia : "E eu também vou para o Céu?
Nossa Senhora : " Sim, vais".
Lúcia : E a Jacinta?
Nossa Senhora : " Também".
Lúcia : " E o Francisco?
Nossa Senhora : " Também, mas tem que rezar muitos terços".
Lúcia : " A Maria das Neves já está no Céu?"
Nossa Senhora : " Sim, está".
Lúcia : " E a   Amélia?"
Nossa Senhora : " ESTARÁ NO PURGATÓRIO ATÉ O FIM DO MUNDO.
Nossa Senhora: Quereis oferecer-vos a Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser enviar-vos, em ato de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido e de súplica pela conversão dos pecadores? " .
Lúcia : " Sim, queremos".
Nossa Senhora : " Ides, pois ter muito que sofrer, mas a graça de Deus será o vosso conforto".
Nossa Senhora ; " Rezem o terço todos os dias para alcançarem a paz para o mundo e o fim da guerra".
Em seguida, descreve a Irmã Lúcia  - começou a elevar-Se serenamente, subindo em direção ao nascente, até desaparecer na imensidade da distância. A luz que A circundava ia como que abrindo um caminho no cerrado dos astros".

( CF. Memórias II, p 126;IV, pp. 330,336; De Marchi, pp. 58-60; Walsh, pp. 52-53; Ayres da Fonseca, pp. 23-26; Galamba de Oliveira, pp. 63-64).


Então, achas ainda que o purgatório não existe?
Pensai nos arrependimentos tardios e doloroso que haveis de ter de vossas faltas no Purgatório.

Nenhum comentário:

Postar um comentário